A AlbergAR-TE é uma associação cultural fundada em 1997 em Albergaria-a-Velha.

A sua criação teve como objectivo combater o marasmo cultural existente na então vila, agora cidade. Propunha-se produzir e/ou divulgar actividades artísticas e culturais na cidade e região e a desenvolver trabalho com a comunidade, envolvendo novas gentes no processo.

O primeiro grande evento organizado pela associação aconteceu a 7 de Julho de 2001 denominado Dia do Desassossego (“numa terra tão sossegada o que vos propomos é um dia do desassossego”). Nesse sábado, desde o início da manhã até ao fim da noite, realizaram-se espectáculos, workshops, concertos, arte urbana, etc., espalhados por diversos locais da vila.
Estava marcado o mote para o trabalho futuro!

Ao longo destes 23 anos de actividadade a AlbergAR-TE desenvolveu um intenso trabalho cultural donde se destaca as 5 edições do Alberg.Circus, encontro de malabarismo, artes do circo e mais…(2007 a 2011), da organização e recriação dos 3 forais manuelinos de lugares do concelho (Frossos, Angeja e Paus), um grande número de formações artísticas nas áreas do teatro, das máscaras, do circo, do artesanato, esposições de artes plásticas, artesanato contemporâneo e fotografia, onde se destaca as exposições fotográficas Terra de Sebastião Salgado e Lisboa, 23 anos, 25 de Abril de Victor Valente.

A partir de 2010 a associação passa a ter um espaço próprio, o Lagar comTempo, uma pequena sala para cerca de 40 espectadores por onde passaram dezenas de espectáculos e outros eventos tanto em ambiente plateia como café teatro/concerto.

Em 2011 realiza o 1º encontro de fazedores de artes DosModos Nascem Coisas que se repetirá em 2013 e que a partir de 2015 se vem a transformar no festival DosModos Nascem Coisas, coproduzido com o Município de Albergaria, realizado anualmente no mês de Setembro e que em 2020 concretiza a sua 6ª edição.

Outros projectos que convém destacar desenvolvidos pela AlbergAR-TE:
Feiras Quinhentistas de Sever do Vouga e Festas Quinhentistas de Esgueira
Galas de Circo Dos Modos Nasce o Circo, em parceria com o Lugar das Cores/Município de Albergaria
Floresta Viva – educação artística para a floresta, em parceria com a Associação Florestal do Baixo Vouga.

A AlbergAR-TE integra no seu seio duas estruturas artisticamente autónomas, a Companhia do Jogo e os Mimo’s Dixie Band.

Actualmente, para além do seu espaço Lagar comTempo, a associação possui um outro espaço de trabalho, a ex-Escola de Paus, espaço cedido pelo Município.