OFICINAS

OFICINA DE CANTARES TRADICIONAIS
Orientada pelo grupo Segue-me à capela

Esta oficina de cantares tradicionais consistirá num breve périplo pelos cantares tradicionais portugueses monódicos e polifónicos, contextualizados na sua perspectiva funcional.

“Calhou-nos, por sorte, ser herdeiras dessa riqueza tamanha. Hoje o canto das mulheres, que tão densamente povoa o nosso património tradicional, parece desgarrado do seu propósito funcional mas não deixa de nos ser íntimo – um embalo ou a harmonia das vozes de mulheres que se juntam para manifestar a fé ou para manter a Terra a girar com o suor dos seus corpos.”

Horário:

Domingo, 15 de Setembro, das 10:00 às 13:00
Cineteatro Alba

Inscrição obrigatória.

Preço: 5€

Ficha de inscrição Cantares: inscreve-te aqui

Os participantes executarão uma cantiga durante o concerto do grupo Segue-me à capela.

“Levar e trazer. Deitar e levantar. Limpar e sujar. Refrescar e aquecer. Encher e vazar. Dobrar e estender. Pousar e erguer. Semear e colher. Esconder e mostrar. Prevenir e esperar. E… repetir. Repetir tudo e sem rendição ao cansaço – as vezes que forem necessárias – pelas gerações que servirem de eco.
Na linha estreita que tem sobrado às mulheres para existir ao longo dos tempos, entre um afazer e o seu oposto, desenrolou-se um novelo melódico para aligeirar tudo, fazendo acompanhar o tudo e o nada de palavra cantadas. Com elas passar o preceito, deixar a lembrança e o vinco dos gestos para que se não percam na fundura do tempo.

Apanhar o fio da meada ou criar-lhe pontas novas é o que nos propomos fazer. Recorrendo ao que nos chegou pelas mãos de Ernesto Veiga de Oliveira, Michael Giacometti, Judith Cohen e tantos outros, coaremos com as nossas vozes os cantos monódicos e polifónicos de mulheres que integram o cancioneiro tradicional português. Com as nossas vozes e com as vozes que a nós se quiserem juntar.”

Ficha de inscrição Cantares: inscreve-te aqui



OFICINA DE FELTRO SECO COM AGULHAS
Orientada por Stefanie Kohne

Feltro seco é um processo relaxante e excitante ao mesmo tempo. È um processo excitante transformar uma pilha de lã cardada numa figura.
É um processo relaxante a voltar para o aqui e agora.
É um processo que nos pode ajudar a encontrar novamente as nossas raízes .

Horário

Sábado, 14 de Setembro, das 10:00 às 13:000h e das 14:30 às 18:30h
Domingo 15, das 10:00 às 13:000h e das 14:30 às 18:30h

Local: jardim da Alameda 5 de Outubro

Preço: 10€ (material incluído)

Inscrição obrigatória

Os deuses criados no workshop serão apresentados numa exposição do festival Dos Modos Nascem Coisas.

Cria a tua própria deusa em feltro, inscreve-te aqui!

“Nós vivemos num tempo de abundância. Com a ajuda de novas tecnologias, a communicação nunca foi tão rápida e diversificada, a viagem nunca foi tão rápida e fácil, muitas pessoas vivem mais.
Apenas uma pequena parte da humanidade, a própria parte que desfruta dos benefícios da sociedade moderna, consome uma grande quantidade de recursos da nossa terra.
Agimos sem consciência e consideração de que esses recursos são finitos e não voltam a crescer.
Vivemos inconscientemente que esta extracção rigorosa de matériais-primas poderia comprometer o delicado equilíbrio da vida em nosso planeta, sem consciência que somos uma parte neste ciclo e não seus mestres.
Os antigos deuses de todas as culturas tinham a tarefa de lembrar as pessoas de que elas faziam parte do todo e respeitavam o que alimenta e deixa viver.
As formas arcaicas dos antigos símbolos de deuses simplificam a figura às partes mais importantes do corpo e, portanto, à essência da vida.”



OFICINA DE ENCADERNAÇÃO – LIVROS DE ARTISTA
Orientada por Cristina Camargo e Ivone Almeida

O que é um livro? Que novos conceitos trouxeram os artistas durante o sec XX?
Nesta oficina iremos abordar algumas tecnologias utilizadas na criação de livros através da construção de livros de folhas cosidas e capas de cartão, livros- brinquedo com recortes e construções, livros cartaz que se dobram e desdobram, livros acordeão que se encolhem e se esticam. Estes livros terão registos desenhados, pintados, colados , escritos , potenciando o imaginário , a aprendizagem e o cruzamento de conceitos e saberes transversais.

Horário:

Sábado das 10:30 às 12:30h
Domingo das 10:30 às 12:30h

Preço: 5€
Inscrição obrigatória

Inscrição aqui!



OFICINA DE CONSTRUÇÃO DE BRINQUEDOS SONOROS E MUSICAIS e instrumentos feitos com materiais recicláveis
Orientação: Ricardo Lopes

Inscrição na oficina de brinquedos sonoros

Nesta oficina, quer se encontrar a raiz etimológica da palavra “oficina” (o lugar onde se cria/local de transformações) esta vai dar significado aos trabalhos realizados… “ E, quando falamos de brinquedos e das actividades lúdicas que elas implicam, estamos, na verdade a falar em educação.” #1

Horário:

Sábado das 15:00 às 17:00h
Domingo das 15:00 às 17:00h

Preço: 5€
Inscrição obrigatória

Num tempo onde a tecnologia invadiu as brincadeiras dos mais novos, através dos jogos, e todos os outros brinquedos mecânicos que funcionam sozinhos, por um simples apertar de botão…alinhada com a indústria cultural, com uma “ligeira” inclinação para o lucro rápido… Retomar este património de conhecimento do saber fazer, com a intensão de compartilhar e melhorar, os conhecimentos que vão sendo adquiridos e a sua transmissão de gerações apos gerações, mostrando como se fazia os brinquedos sonoros e musicais. A maior parte destes ”brinquedos” eram construídos com a matéria-prima que cada estação, e as respetivas colheitas ofereciam.

Inscrição na oficina de brinquedos sonoros

No momento atual, somos invadidos no dia-a-dia com uma montanha de matéria-prima que se torna desperdício. E uma grande de parte não é reciclável, com ela podemos encontrar soluções para criar uma ligação, entre os vários objetos, para criar novos instrumentos. E com isto despertar uma visão crítica das nossas vivências, rever os conceitos e atitudes dos hábitos de consumo …

Para isto haverá alguns exemplos de brinquedos sonoros e musicais e instrumentos feitos a partir de material reciclável, para que sejam vistos e tocados, junto a estes “instrumentos” haverá matéria-prima, para que com ela se possam juntar peças e delas criar instrumentos musicais, em conjunto desenvolver a criatividade, improvisação o espirito de cooperativismo bem como a socialização…

”a necessidade aguça o engenho”
“A produção do próprio brinquedo pela própria criança era, já de si, uma brincadeira ou um jogo …”#2

Esta oficina está inserida num projeto mais abrangente de divulgação e preservação das artes e ofícios, com o objetivo de manter vivo este património de sabedoria que vem do princípio dos tempos. Desde há muito que se tem falado na degradação das artes e ofícios/ artesanato, e uma continua perda destas formas de conhecimentos, com a invasão de produtos de provenientes de fábricas, cada vez mais comum, nas mostras/feiras de artesanato …



OFICINA DE PINTURA
Orientada por Henrique do Vale

Horário:
Sábado das 15:00 às 17:00h
Local: Alameda 5 de Outubro

Gratuito – Inscrição obrigatória

Inscrição na OFICINA DE PINTURA